Review Dora e a Cidade Perdida: Live-action de “Dora, a Aventureira” traz muita diversão e aventura para as telonas. Se liga!

7. novembro 2019 22:30 | Texto por Douglas Lemos

Se você está pensando que “Dora e a Cidade Perdida” é um filme apenas para crianças, na mesma pegada da animação que já conhecemos, você está muito enganado. Ele tem sim bastante coisa que encontramos no desenho, porém o diretor James Bobin, que já dirigiu grandes sucessos como "Alice Através do Espelho" e "Os Muppets", consegue abraçar o público jovem com maestria.

A principal jogada certeira foi na ideia de fazer um filme onde a Dora é uma adolescente. Logo nos primeiros minutos do filme a personagem ainda é criança, mas rapidamente ela cresce e se vê obrigada a sair da selva para ter uma vida “normal” na cidade grande, frequentando o temido ensino médio. Mas Dora logo volta para selva com seu primo Diego e mais dois amigos após serem sequestrados por caçadores de tesouros que procuram uma cidade perdida na qual os pais de Dora sabem a localização.

Outro acerto foi a escolha da atriz Isabela Moner, que mudou o nome recentemente para Isabela Merced. A jovem atriz de 18 anos já é famosa entre os jovens por trabalhos feitos na Nickelodeon e também pela sua carreira de cantora pop. Mas a escolha não é certa apenas pelo nome, mas também pela competência de Isabela que traz uma leveza e muita diversão para a personagem, com algumas sacadas usando coisas típicas da animação e levando de forma mais jovial para o filme, como a cantoria habitual da Dora, por exemplo.

O momento de maior delírio do filme, onde principalmente as crianças irão amar, acontece quando o diretor James Bobin brinca e mistura animação no meio do filme de forma inesperada em uma espécie de alucinação dos personagens ao encostarem em uma espécie de planta venenosa. Sem dúvida esse momento vai encantar não apenas as crianças mas até mesmo nós adultos que em algum momento da vida já assistimos “Dora, a Aventureira”.

O filme tem seus pontos fracos como algumas cenas clichês no meio da floresta, que podemos encontrar em diversos filmes que se passam na selva e até mesmo umas piadas sem graça que deixam os atores com cara de bobos, mas no geral o filme é bem desenvolvido e cumpre o seu papel de trazer aventura e diversão para toda a família. Se liga no trailer:

Comentários:
Aguardem novas promoções

novidades em breve

[Veja mais]

NOME
E-MAIL
BANDA
MÚSICA
 
  • 01.   CPM 22 - Perdas

    02.   Nx Zero - Modo Avião

    03.   Scalene - Surreal

    04.   Fly - Cabelo de Algodão

    05.   Tiago Iorc - Dia Especial

    06.   Luan Santana - Escreve aí

    07.   Banda do Mar - Mais Ninguém

    08.   Efelix - Segundo Plano

    09.   Against the Current - Talk

    10.   Supercombo - Piloto Automático

    11.   Scambo - Roda Gigante

    12.   Foo Fighters - Something From Nothing

    13.   Scracho - Divina Comédia

    14.   Versalle - Verde Mansidão

    15.   Mc Biel - Pimenta

    16.   Instinto - Agradeço ao Rock N' Roll

    17.   Paramore - Last Hope

    18.   Violetta - Euforia

    19.   Theodor - Adeus

    20.   Urbana Legion - Tempo Perdido

107HC, HCNOAR, direitos de imagem, audiovisual, idealização são todos reservados para Rede HCNOAR Produções