Review: Homem Aranha: Longe de Casa é previsivelmente lindo e surpreendentemente divertido. Leia!

30. junho 2019 19:22 | Texto por Lucca Magro

Sabem, meu primeiro filme de Super-Herói foi da Marvel Studios com a Sony Pictures, Homem Aranha 2 estrelado por Tobey Maguire, e olha, eu me encantei com tudo aquilo não tirando por um minuto os olhos da tela. Cerca de 10 anos depois, estava eu, novamente, na sala de cinema assistir a continuação de mais um filme do Aranha: O Espetacular Homem Aranha 2, estrelado dessa vez por Andrew Garfield, com o qual eu não me encantei, e a comparação com aquele filme de 2004 estava berrando na minha cabeça. Contudo, 5 anos depois de ver Andrew Garfield e 15 anos depois de ver Tobey Maguire, estou eu de novo numa sala de cinema pra ver uma nova continuação de um filme do Aranhoso, estrelado por Tom Holland, e eu posso dizer, com toda certeza que.... EU ME DIVERTI HORRORES! 

Assim como todos imaginavam, o final dos eventos de Vingadores: Ultimato realmente ficam pendentes aqui, deixando o filme com o simples de cargo de fechar a fase 4 da Marvel com chave de ouro e dar uma pista da próxima, e é justamente, com esse peso enorme nas costas, que o enredo simplesmente entrega o Aranha que esperamos: Um adolescente que tem poderes pra salvar a vizinhança querendo apenas salvar a vizinhança. Com isso o filme toma como discurso (Mesmo que explicito) toda essa parte do Peter sob o Aranha, o que, comparando com De Volta ao Lar (primeiro filme), é uma evolução que dá gosto de ver, fora que até uma trapalhada que é cometida no filme, apesar de ser ilógica para alguns, tem sentido sob o ponto de vista de um garoto de 16 anos que apenas não ta afim de ser super-herói no verão.

Tom Holland carrega da maneira dele, segurando bem o peso de ser esse Peter Parker mais adolescente e um pouco tolo, fora que como Aranha, ele até que diverte e leva as emoções do que acontece um pouco mais a sério do que como fazia antes, então sim! Finalmente temos um Aranha que não é tão tagarela (Sempre foi assim, ok?). Junto de Holland, todo o núcleo escolar dá suporte necessário para os eventos, sem criar subtramas ou algo assim, o que para alguns pode ser falta de profundidade, pra mim surtiu como um combustível para o sentimento de falta de encaixe do Peter como um garoto normal, destaque para Zendaya que interpreta bem sua personagem (Que não tem absolutamente nada a ver com a Mary Jane dos quadrinhos) e Jacob Balaton que simplesmente destrói no humor mais descontraído. 

O destaque do filme, porém, vai para Jake Gyllenhaal, que entrega um ar de dúvida o filme todo, melhor, entrega Mysterio, e eu digo que a melhor cena do filme é causada por ele (e ela simplesmente é inacreditavelmente incrivel), Samuel L. Jackson faz do seu Nick Fury um homem confuso que quer se atualizar de tudo o mais rapido possível depois do blip (É assim que chamam o evento do estalo de dedos do Thanos em Vingadores: Guerra Infinita). Pra fechar, se eu fosse você, eu ficaria para ver as duas cenas pós créditos, principalmente a primeira, que ocorre exatamente depois do fim do filme e é um beijo na boca de qualquer fã.

Por fim, Homem Aranha: Longe de Casa é previsível, porém é incrível e com certeza vale o ingresso, nos dando a impressão de que tudo que vimos até aqui realmente acabou, mas tem muito, mas muito a se contar ainda (QUE VENHA MILES MORALES!), o filme estréia dia 04 de junho aqui no Brasil.

Comentários:
Aguardem novas promoções

novidades em breve

[Veja mais]

NOME
E-MAIL
BANDA
MÚSICA
 
  • 01.   CPM 22 - Perdas

    02.   Nx Zero - Modo Avião

    03.   Scalene - Surreal

    04.   Fly - Cabelo de Algodão

    05.   Tiago Iorc - Dia Especial

    06.   Luan Santana - Escreve aí

    07.   Banda do Mar - Mais Ninguém

    08.   Efelix - Segundo Plano

    09.   Against the Current - Talk

    10.   Supercombo - Piloto Automático

    11.   Scambo - Roda Gigante

    12.   Foo Fighters - Something From Nothing

    13.   Scracho - Divina Comédia

    14.   Versalle - Verde Mansidão

    15.   Mc Biel - Pimenta

    16.   Instinto - Agradeço ao Rock N' Roll

    17.   Paramore - Last Hope

    18.   Violetta - Euforia

    19.   Theodor - Adeus

    20.   Urbana Legion - Tempo Perdido

107HC, HCNOAR, direitos de imagem, audiovisual, idealização são todos reservados para Rede HCNOAR Produções