Review: Vingadores Ultimato é o encerramento de uma saga com começo, meio e fim.

24. abril 2019 14:14 | Texto por Lucca Magro

La pra meados de 2015, quando anunciaram o resto da Fase 3 e 4 da Marvel Studios, muitos estavam se comendo de ansiedade pra assistir logo cada um daqueles filmes e sua culminância em Guerra Infinita e no posterior Ultimato. Bom, Guerra Infinita estreou e causou alvoroço, mas no final os fãs se perguntaram “e agora?”.  E agora, temos o gigante e poderoso Ultimato, que além de continuar o filme anterior, aborda uma trama original que coloca todos os 22 filmes da franquia em cheque. Mas calma calma, eu vou chegar lá. Na primeira hora de filme, vemos a evolução no conceito de se contar uma história, mesmo que possa parecer enrolação, é perfeitamente orgânico e nem pesa no relógio e pra falar a verdade, o filme de 3 horas e 2 minutos parecem ter apenas 5 minutos, tudo é redondo, tudo é surpreendente e tudo é interessante. Assim como os trailers indicavam, há um salto de 5 anos no filme, nesse ponto, vemos um dos melhores roteiros de desenvolvimento de personagens que já existiu na história do cinema.  

Em quesito técnico, vemos aqui uma grande nuance entre os filmes “antigos” com os filmes mais recentes, onde os efeitos visuais trazem nostalgia e orgulho nos fãs mais árduos da franquia, o único ponto que me deixou incomodado foi o Hulk, que as vezes destoava do cenário, porém, é completamente despercebido o uso de CGI em diversas cenas. O principal destaque vai para a fotografia, que traz o tom da cena exatamente quando é necessário, e olha, ta ai talvez a melhor coisa do filme inteiro: O tom! (O Holland também, ai que piada ruim). Diferentes de convenções que a Marvel usou para trazer leveza as cenas tensas de outros filmes, nesse, a história é outra, vemos um filme maduro do começo ao fim, sem furos de roteiro ou convenções, abraçando o épico sem ser infantil.  

Indo para os personagens, enquanto em Guerra Infinita vemos Thor roubando a cena com elegância e brutalidade, aqui vemos uma divisão bem mais ampla de destaques, o único Vingador não tão presente é a Capitã Marvel (Brie Larson), mas mesmo assim, deixa aquela sensação de que a #$%@ ficou séria quando ela aparece. Mas claramente, o holofote é voltado para o Homem de Ferro de Robert Downer Jr. (que constrói seu personagem com a culpa e o medo), o Capitão América de Chris Evans (que aparece otimista e vingativo) e surpreendentemente, para Viúva Negra de Scarlett Johansson (Que aparece com pose de líder). Como vilão, porém, Thanos mostra a outra face, o maligno intrínseco no Titã Louco vivido por Josh Brolin, faz dele o Darth Vader da geração que cresceu vendo Marvel, tudo isso por conta de um roteiro cheio de amarras que sabe a hora certa de entregar a grandiosidade que a história oferece.  

Por fim, Vingadores Ultimato é o melhor filme da Marvel Studios, encerrando o que vimos por 10 anos, como já dizia o filósofo Tony StarkParte da jornada, é o fim”. 

O filme estreia hoje! 

 

Comentários:
Aguardem novas promoções

novidades em breve

[Veja mais]

NOME
E-MAIL
BANDA
MÚSICA
 
  • 01.   CPM 22 - Perdas

    02.   Nx Zero - Modo Avião

    03.   Scalene - Surreal

    04.   Fly - Cabelo de Algodão

    05.   Tiago Iorc - Dia Especial

    06.   Luan Santana - Escreve aí

    07.   Banda do Mar - Mais Ninguém

    08.   Efelix - Segundo Plano

    09.   Against the Current - Talk

    10.   Supercombo - Piloto Automático

    11.   Scambo - Roda Gigante

    12.   Foo Fighters - Something From Nothing

    13.   Scracho - Divina Comédia

    14.   Versalle - Verde Mansidão

    15.   Mc Biel - Pimenta

    16.   Instinto - Agradeço ao Rock N' Roll

    17.   Paramore - Last Hope

    18.   Violetta - Euforia

    19.   Theodor - Adeus

    20.   Urbana Legion - Tempo Perdido

107HC, HCNOAR, direitos de imagem, audiovisual, idealização são todos reservados para Rede HCNOAR Produções