Teste de TV mostra que sua série pode ficar comprometida, Se liga!

17. setembro 2018 17:32 | Texto por Redacao

 

A gente sabe que nós todos hoje em dia vivemos de uma tela para outra, seja do note, do celular e sim usamos TV, para muita coisa ainda, nem que seja para aquela série básica da NETFLIX ou outro serviço de stream. Como amamos  TV e adoramos um teste e ficamos sabendo que estamos sendo "trouxa" pela dona LG, segundo o texto que vimos no site rtings.com. O bapho é  OLED TVs da LG passaram por teste de burn-in (para ver se não aparece fantasmas na tela) de 4.000 horas e deu ruim! 

Rolou um teste de burn in de TVs OLED da LG,  de um mês de duração, mostra que depois de 4 mil horas, logotipos e imagens estáticas eram vulneráveis ??à retenção permanente de imagens, muito menos do que a afirmação de 30 mil horas da empresa de eletrônicos sul-coreana ou seja não ta entregando o que prometem. Um teste de burn-in de TVs OLED nos modelos da LG, que simulam padrões de visualização casuais mostrou sinais de burn in 4.000 horas. 

A Rtings tem reproduzido diferentes tipos de conteúdo em seis unidades de modelos C7 de TVs OLED de 2017 desde janeiro. As TVs são ligadas por 5 horas e desligadas por 1 hora. Este ciclo é repetido 4 vezes por dia, explica a Rtings. 

Cinco dos televisores estavam configurados com brilho de 200nit, enquanto um era ajustado no máximo. Duas TVs que exibiam a CNN, uma com brilho máximo, tinham o logotipo e a barra estática claramente queimadas, enquanto outra que jogava o título de FIFA18 tinha o logotipo da FIFA ligeiramente queimado. Outra que tocava canais regulares como a NBC não tinha retenção de imagem permanente e outra que jogava um canal de esportes também não sofreu o problema. 

A gigante sul-coreana informou anteriormente que suas TVs OLED podem durar 30 mil horas, o que equivale a 10 anos de uso, com uma média diária de oito horas, sem burn-ins. Os televisores OLED da empresa têm um recurso de atualização de pixel que move imagens estáticas para evitar o burn-in, mas o teste de Rting mostrou que ele tinha um efeito mínimo e causava problemas de uniformidade. O teste está em andamento e mais resultados serão anunciados em alguns meses. 

No início deste ano, as TVs OLED 2018 da LG no Aeroporto Internacional de Incheon, na Coréia do Sul, mostraram que os horários dos vôos tinham sinais de burn in depois de apenas alguns meses. Os modelos foram trocados por LCDs devido ao problema. 

Burn-in refere-se à retenção de imagem permanente geralmente causada por deixar uma imagem estática na tela por um longo período de tempo. As imagens são "queimadas" e são visíveis, como manchas, ao reproduzir outro conteúdo.  A LG está atualmente impulsionando suas TVs OLED como seus principais modelos de TV e a afiliada LG Display fornece seus painéis para a Sony.

Essa dona LG tem que testar mais e mais então seus aparelhos! Porque para gente que maratona séries, mora no youtube 8 horas diárias não é nada. Não é mesmo?

Réplica: https://www.rtings.com/tv/learn/real-life-oled-burn-in-test 

Comentários:
Aguardem novas promoções

novidades em breve

[Veja mais]

NOME
E-MAIL
BANDA
MÚSICA
 
  • 01.   CPM 22 - Perdas

    02.   Nx Zero - Modo Avião

    03.   Scalene - Surreal

    04.   Fly - Cabelo de Algodão

    05.   Tiago Iorc - Dia Especial

    06.   Luan Santana - Escreve aí

    07.   Banda do Mar - Mais Ninguém

    08.   Efelix - Segundo Plano

    09.   Against the Current - Talk

    10.   Supercombo - Piloto Automático

    11.   Scambo - Roda Gigante

    12.   Foo Fighters - Something From Nothing

    13.   Scracho - Divina Comédia

    14.   Versalle - Verde Mansidão

    15.   Mc Biel - Pimenta

    16.   Instinto - Agradeço ao Rock N' Roll

    17.   Paramore - Last Hope

    18.   Violetta - Euforia

    19.   Theodor - Adeus

    20.   Urbana Legion - Tempo Perdido

107HC, HCNOAR, direitos de imagem, audiovisual, idealização são todos reservados para Rede HCNOAR Produções