Parada do Orgulho LBGT de São Paulo 2018 está chegando e quer lembrar o nosso poder através do voto. Se liga!

16. maio 2018 19:46 | Texto por Victor Francisco

Galera, está preparado para a 22ª parada do LGBT que acontece em São Paulo? migo, miga e manas você não sabe o que está perdendo. A parada vai dar uma surra esse ano no tema das Eleições e enfatizará a importância do gênero LGBTI+ nas votações eleitorais. Ressaltando toda a história, este tema e slogan foram discutidos muito fortemente ao longo do ano pela APOGLBT SP em parceria com diversos coletivos, outras ONG's LGBTs e militantes independentes onde, entre diversas questões, o tema foi divulgado e debatido. 

Nas palavras do próprio coletivo, você que está com vontade de participar dessa ação que a 22 anos acontece na maior capital do país, e que este ano o enfoque são as Eleições. Simplesmente dará o que falar. Olha só o que a turma disse que de forma mais humana quer entrar definitivamente no debater de igual para igual: "PODER PRA LGBTI+ é um projeto de construção de um novo poder mais humano, inclusivo, justo e representativo de todas e todos os cidadãos, independentemente de gênero, orientação sexual, raça, classe, lugar de origem, mobilidade entre tantos outros recortes.” 

A turma que visa dar um novo patamar nas eleições desse ano também fez um discurso pra lá de arrasador. Confira na íntegra: 

 

“Somos milhões de filhos e filhas, pais, parentes e amigos. Ocupamos todos os cantos do Brasil e contribuímos para todas as áreas do conhecimento. Trabalhamos em todas as indústrias e segmentos econômicos como assalariados e autônomos, em profissões formais e informais. Estamos presentes nas empresas públicas e privadas, na cidade e no campo, no asfalto e nas favelas, nos bairros abastados e nas periferias, assim como na propaganda, nas artes, nos filmes e nas novelas. Representamos cerca de 10% dos mais de 207 milhões de brasileiros e brasileiras. Temos orgulho de sermos Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transsexuais, Travestis, Transgêneros e Intersexos (LGBTI+). 

Mas, apesar de tudo isso, ainda não nos enxergamos no espelho da política. No Congresso Nacional, dos 581 parlamentares, temos apenas um deputado assumidamente homossexual que defende as cores da nossa bandeira. Infelizmente, ainda são poucos os políticos heterossexuais e cisgêneros aliados que abraçam a pauta LGBTI+, por mais direitos humanos e cidadania, em seus discursos e plataformas políticas. É triste reconhecer que a sub-representatividade de políticos LGBTI e aliados, comprometidos com nossas pautas, repete-se em outras casas legislativas do país. 

O fato é que a nossa luta, mesmo tendo conseguido tantos avanços na sociedade civil, sofre constantes reveses e ameaças das bancadas conservadoras. É como se a cada passo pra frente, fôssemos empurrados dois passos pra trás. Temos um Congresso que é tido como o mais conservador desde 1964, segundo o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap). Precisamos mudar essa situação, e urgente! 

Sim, nós podemos. Pois temos o poder nas nossas mãos; o nosso voto. Neste ano, ele será nossa voz, nossa arma e nosso trunfo. Precisamos nos empoderar das urnas e dos nossos direitos conquistados para elegermos presidente, governadores, deputados estaduais, deputados federais e senadores que nos enxerguem como cidadãs e cidadãos e nos representem, sejam eles e elas LGBTI+ ou não. Pois estamos vivendo um momento em que é imprescindível nos colocarmos contra um discurso cheio de preconceitos e ódio, utilizado por políticos mal intencionados."

Se liga no que é Poder:

Poder é um conceito que também remete a coisas que lutamos contra, como  hierarquias, desigualdades e abusos. Não é esse o poder que queremos. Mas o fato é que precisamos ocupar os espaços que produzem as desigualdades para transformá-los por dentro. Nosso empoderamento como indivíduos também passa por essa questão. Negar essa necessidade é fechar os olhos para a realidade. 

PODER PRA LGBTI+ é um projeto de construção de um novo poder mais humano, inclusivo, justo e representativo de todas e todos os cidadãos, independentemente de gênero, orientação sexual, raça, classe, lugar de origem, mobilidade entre tantos outros recortes.”

Lembrando que não precisa ser um LGBT para apoiar essa luta que o povo da LGBTI+ enfrentará este ano na Av. Paulista!

"Sim o papo é sério e o babado é fortíssimo, pois você que nos acompanha sabe que o preconceito já sofreu vários golpes, mas ainda está longe de acabar e com a responsabilidade de se falar com os jovens que muitas vezes é usado para replicar esse ódio e desrespeito. Nos sentimos na obrigação de lacrar e informar geral e contrubuir para reduzir cada vez mais essa itolerância", comenta Ricardo Nóbrega- Diretor de Produção e Mkt. da HCNOAR Produções.

SERVIÇO:

22ª Edição da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo

– Tema: Eleições 

– Slogan: Poder pra LGBTI+, Nosso Voto, Nossa Voz!

– Horário: das 10h às 18h

– Concentração: Em frente ao Masp, na Avenida Paulista – São Paulo/SP

– Realização: ONG APOGLBT SP

Evento oficial no Facebook: http://paradasp.org.br/parada2018

Comentários:
Aguardem novas promoções

novidades em breve

[Veja mais]

NOME
E-MAIL
BANDA
MÚSICA
 
  • 01.   CPM 22 - Perdas

    02.   Nx Zero - Modo Avião

    03.   Scalene - Surreal

    04.   Fly - Cabelo de Algodão

    05.   Tiago Iorc - Dia Especial

    06.   Luan Santana - Escreve aí

    07.   Banda do Mar - Mais Ninguém

    08.   Efelix - Segundo Plano

    09.   Against the Current - Talk

    10.   Supercombo - Piloto Automático

    11.   Scambo - Roda Gigante

    12.   Foo Fighters - Something From Nothing

    13.   Scracho - Divina Comédia

    14.   Versalle - Verde Mansidão

    15.   Mc Biel - Pimenta

    16.   Instinto - Agradeço ao Rock N' Roll

    17.   Paramore - Last Hope

    18.   Violetta - Euforia

    19.   Theodor - Adeus

    20.   Urbana Legion - Tempo Perdido

107HC, HCNOAR, direitos de imagem, audiovisual, idealização são todos reservados para Rede HCNOAR Produções