Cherrygumms, a líder do Black Dragons atrai sua legião de fãs para a BGS 2017 e bate um papo exclusivo com a gente! Vem ver!

20. outubro 2017 13:32 | Texto por Gustavo Crispa

A Brasil Game Show é um verdadeiro evento de game democrático, lá encontramos desde o player esportivo caseiro e gamer das antigas à o competitivo e-Sports de jogos como LOL, Overwatch  e Rainbow Six, e falando nesse FPS (First Person Shooter ou Tiro em primeira pessoa), tivemos a honra de conversar com Nicolle Merhy, conhecida no mundo dos games como “Cherrygumms”, ela é a única mulher gamer pro de Rainbow Six na América Latina, capitã e dona de um dos principais clãs de e-Sports do Brasil, o Black Dragons! Pouca coisa? Não!

A chamativo e atrativo estande da Casas Bahia foi um agradável destaque do evento, os mais de 300m² de muita interação graças a parceria da marca com as principais fabricantes de games, entre elas Playstation, Xbox, Samsung, Dell e Acer, que disponibilizaram aos jogadores computadores equipados com óculos de realidade virtual e cockpits fazendo a alegria de todos.

 

Cherrygumms estava no evento como responsável pela produção dos conteúdos do Pontofrio, conteúdos que variavam de acordo com a cobertura que o Pontofrio fez da BGS, por meio dos seus canais do Facebook, Twitter e Instagram foi mostrado campeonatos, cosplays e o que acontecia nos bastidores do evento, além de posts de entrevistas com celebridades e interação com influenciadores digitais. Nicolle atendeu o site com muita simpatia e carisma, confira agora nosso papo com essa jovem talentosa.

HCNOAR:Eu queria saber, você veio todos os dias, teve alguma coisa que você conseguiu ver que te agradou mais? Você já tem experiência em feiras como essa?

Cherrygumms: Eu vim todos os dias.Eu só fui no ano passado na BGS e esse ano em vim aqui. Ontem, eu tive uma apresentação em um estande que estava a torcida inteira do meu time e foi um momento muito muito lindo na minha vida.Eu acho que com o passar por anos você vai ganhando mais fãs, seguidores e é o reflexo disso. A quantidade de carinho que eu recebi, foi com certeza o que mais marcou para mim.

 

HCNOAR:A gente vê que o evento foi crescendo bastante e certamente a metade da feira é dedicada ao E-game, você consegue identificar isso?

Cherrygumms: Eu sinto que a BGS está crescendo, mas chegou um momento que eu acho que estagnou, acho que não está crescendo mais porque tem muitas outras feiras que estão surgindo, mas hoje com certeza eu acho que 70% está focado para games.Tudo aqui é bem feito para games, você vai nos estandes você joga, você conhece novos jogos.

Cherrygumms: Tem lançamento de jogos, então está tendo um crescimento muito grande e eu acho que só tem a crescer. É a era digital, todo mundo está querendo jogar, está querendo entrar no mundo digital, então só tende a crescer.

HCNOAR:Eu vi que você faz Direito. Como é conciliar a vida de gamer com faculdade?

Cherrygumms: É uma loucura! Hoje o jogo não é mais a minha diversão, é a minha profissão. Então, óbvio, é uma profissão muito boa, eu me divirto, mas todas as profissões deveriam ser assim, todos os profissionais deveriam se divertir, é muito bom para mim.Mas, ao mesmo tempo, é muito cansativo, porque eu sou dona de uma organização de esportes eletrônicos, então eu tenho que tomar conta dela.

Cherrygumms: Eu tenho que fazer direito senão eu repito e a minha mãe me multa. Eu tenho que gravar todo dia vídeo para o meu canal e postar todo dia. Eu tenho que tomar conta das minhas redes sociais, eu tenho que fazer tanta coisa que ao mesmo tempo me deixa sobrecarregada, mas é prazeroso, não tem porquê não fazer.

HCNOAR:Além de tudo, você também é a líder da equipe.Como é?

Cherrygumms: É muito bom, óbvio que tem aquelas coisinhas que são chatas, mas você ganha tanto carinho com os fãs, porque você ama o que você está fazendo, fora os jogadores. Os meus jogadores, eu sou apaixonada pelos meus jogadores, eu hoje os tenho como grandes amigos.É uma paixão e eu só tenho a agradecer a oportunidade de ter uma organização.

HCNOAR:E nesse tipo de evento, é normal você ter alguma lembrança da infância ligada ao game. Tem alguma lembrança que vem à sua cabeça?

Cherrygumms: A minha família não foi muito de me levar em estandes assim, porque eu desde pequenininha moro em cidade pequena, então não tinha grandes coisas na minha cidade.Mas meu pai sempre gostou muito de jogos e hoje eu vejo o reflexo disso. Tudo um dia que eu aprendi pequenininha com o meu pai me ensinando, hoje eu estou exercendo como profissão.Então você vê lançamento de novos jogos que um dia eu joguei na infância, como por exemplo, o Quake, que é um jogo que eu tenho muito carinho.Foi meu pai que me ensinou, eu me emociono quando eu falo.

Cherrygumms: Quando eu venho a uma feira em que tem todos esses jogos, eu me emociono muito, eu acho muito bonito. É muito mágico essa profissão, é minha vida, meu sonho. Meu namoro veio dos jogos, minha família ama os jogos, a minha profissão é dos jogos, então eu hoje sou dos jogos e não tem como negar.

Curtiu nossa conversa com a Cherrygumms?Dá uma conferida no canal dela aqui.Se você é fã de E-Sports, fica ligado no HCNOAR para saber das novidades.

Colaboração: Danielle Souza Fotos: Gustavo Crispa - HCNOAR  Produções e divulgação.

Comentários:
Aguardem novas promoções

novidades em breve

[Veja mais]

NOME
E-MAIL
BANDA
MÚSICA
 
  • 01.   CPM 22 - Perdas

    02.   Nx Zero - Modo Avião

    03.   Scalene - Surreal

    04.   Fly - Cabelo de Algodão

    05.   Tiago Iorc - Dia Especial

    06.   Luan Santana - Escreve aí

    07.   Banda do Mar - Mais Ninguém

    08.   Efelix - Segundo Plano

    09.   Against the Current - Talk

    10.   Supercombo - Piloto Automático

    11.   Scambo - Roda Gigante

    12.   Foo Fighters - Something From Nothing

    13.   Scracho - Divina Comédia

    14.   Versalle - Verde Mansidão

    15.   Mc Biel - Pimenta

    16.   Instinto - Agradeço ao Rock N' Roll

    17.   Paramore - Last Hope

    18.   Violetta - Euforia

    19.   Theodor - Adeus

    20.   Urbana Legion - Tempo Perdido

107HC, HCNOAR, direitos de imagem, audiovisual, idealização são todos reservados para Rede HCNOAR Produções