Crítica: Apesar dos deslizes A Bela e Fera diverte, mas não fica a altura de seu original.

29. março 2017 10:53 | Texto por Thiago Neres

Desde que a Disney resolveu reviver seus clássicos de animação em live action (filmes com atores), tem havido uma grande salada de erros e acertos na tela grande, alcançando o seu ápice no ano passado com Mogli, O menino lobo. Apesar das interessantes releituras, esses clássicos enfrentam sempre o problema da transposição de animação para live action e de, essencialmente, serem histórias datadas e é nesse segundo ponto que A Bela e a Fera encontra sua maior dificuldade.

Seguindo tudo que é estabelecido pela animação de 1991, o filme tenta emular a magia encontrada no castelo da Fera, mas esbarra em efeitos especiais profundamente ruins. Fundos Verdes óbvios deixam muito claro que aquele castelo não é real, e que aquela Fera é feita em uma computação digital de qualidade no mínimo questionável. Assim, não se atualiza nada, se repetem cenas exatamente iguais e se faz apenas uma homenagem ao original.

Talvez os efeitos não incomodassem tanto se não estivéssemos tão bem acostumados a assistir coisas como Planeta dos Macacos ou mesmo Mogli, da própria Disney, onde os cenários são envolventes e os animais são muito mais convincentes. Parece que a produção não tomou o devido cuidado com o look artístico do filme, que é a joia mais valiosa da animação de 91, que mesmo não sendo a melhor animação da Disney é indiscutivelmente a mais bonita delas.

E os problemas do filme não param por aí. Muito mais musical do que as adaptações anteriores do estúdio, A Bela e a Fera comete o erro infantil de afinar digitalmente a voz de seus atores nas músicas. Fica muito, mas muito claro que aqueles atores não estão cantando, aquela voz perfeita e inalterada não está em momento algum saindo deles. É o tipo de diferença entre as técnicas que serve apenas para poupar dinheiro e custa muito a imersão de quem assiste.

Então, o que falar das músicas? Muitas adições são feitas a história, mas nem sempre nos momentos apropriados. As músicas clássicas estão lá (e bem executadas), mas as músicas novas pouco servem a trama (com exceção da música que apresenta Gaston).

Já as atuações, são todas muito interessantes. A dupla Gaston e LeFou (Luke Evans e Josh Gad) são divertidos em todas as suas cenas, assim como Emma Watson nos entrega uma Bela sonhadora, gentil, e empoderada, exatamente como esperávamos. É também de se destacar a atuação de Ewan Mcgregor como Lumierre, em que o ator canta, dança e emociona com a voz em um sotaque francês absolutamente impecável.

Como o material de origem é maravilhoso, A Bela e a Fera se salva pelas boas atuações e nostalgia, mantendo uma interessante experiência de rever um clássico repaginado e tentando se reinventar, apesar de seus defeitos que conseguem deixar os fãs mais apaixonados encantados e, ao mesmo tempo, incomodados. O filme funciona para ter um bom tempo e diversão, desde que não se compare demais com o material de origem.

Comentários:
lokão

PROMOÇÕES

Quer ver ou rever o filme "Eu Fico Loko" do youtuber Christian Figueiredo. Mas não será moleza terá que engajar hein! 

Assista a matéria especial da TV BLOG HCNOAR sobre o filme e nos conte no campo endereço, o que deixa Christian Figueiredo, Filipe Bragança, Giovana Grigio eIsabella Moreira lokões e ainda falar qual foi a primeira matéria do youtube para o nosso site e ainda nos siga no twitter e instagram e face @hcnoar

Leia o regulamento e participe já!


Nome completo:

Idade:

Rg:

Endereco:

Cidade/UF:

Email:

Facebook:

Twitter:

Telefone:

Celular:

Regulamento:

25 e 26/03/17 - Lollapalooza Brasil no Autódromo de Interlagos - SP

27/03/17 - Lolla Parties: Mø & Grass Animal no Cine Joia - SP

29/03/17 - Justin Bieber: Purpose World Tour na Praça Apoteose - RJ

01 e 02/04/17 - Justin Bieber: Purpose World Tour no Allianz Parque - SP

Em breve novos shows e eventos para os jovens do novo mundo

[Veja mais]

NOME
E-MAIL
BANDA
MÚSICA
 
  • 01.   CPM 22 - Perdas

    02.   Nx Zero - Modo Avião

    03.   Scalene - Surreal

    04.   Fly - Cabelo de Algodão

    05.   Tiago Iorc - Dia Especial

    06.   Luan Santana - Escreve aí

    07.   Banda do Mar - Mais Ninguém

    08.   Efelix - Segundo Plano

    09.   Against the Current - Talk

    10.   Supercombo - Piloto Automático

    11.   Scambo - Roda Gigante

    12.   Foo Fighters - Something From Nothing

    13.   Scracho - Divina Comédia

    14.   Versalle - Verde Mansidão

    15.   Mc Biel - Pimenta

    16.   Instinto - Agradeço ao Rock N' Roll

    17.   Paramore - Last Hope

    18.   Violetta - Euforia

    19.   Theodor - Adeus

    20.   Urbana Legion - Tempo Perdido

107HC, HCNOAR, direitos de imagem, audiovisual, idealização são todos reservados para Rede HCNOAR Produções