Crítica: Um filme de super-herói diferente, Logan impressiona pela sua emoção e brutalidade! Confira.

20. fevereiro 2017 16:58 | Texto por Joao Felipe Marques

17 anos depois, Hugh Jackman se despede seu mais famoso e querido papel: Wolverine. Logan é a perfeita conclusão para este ator que nos acompanhou desde os anos 2000, com o primeiro (e revolucionário) filme dos X-Men.

A crítica la fora também já assistiu o filme, que inclusive esteve presente na programação do Festival de Berlim, e posso lhes dizer que a enxurrada de elogios que estão sendo feitos não é de se surpreender.  O filme é ótimo, tanto para aqueles que são fãs dos X-Men e de filmes de super-heróis em geral, como também para quem simplesmente está afim de assistir à um bom filme hoje.

Esse mérito de agradar a diferentes tipos de espectador com certeza renderá comparações de Logan com os idolatrados filmes do Batman de Christopher Nolan, e elas não vem com facilidade. A decisão de aumentar a classificação indicativa (um fator que com certeza só foi aprovado após do sucesso de Deadpool) acaba permitindo uma melhor abordagem da violência que define o Wolverine.

E que final para o personagem, meus amigos. Com tantos filmes em que Hugh Jackman aparece, é inacreditável como só agora conseguimos chegar ao fundo de Logan, o que o move, e o que ele teme de verdade. James Mangold acertou em cheio.

É visível o empenho que foi posto neste filme. Seja nas atuações (o vilão tem ótimos diálogos com Logan), na fotografia que dá o tom do filme ou na história, que tocará a todos os fãs do personagem.

E de quebra, ainda tivemos o Professor X lidando com problemas que nunca, jamais, poderíamos ter a chance de acompanhar em um filme dos X-Men. E verdade seja dita, quando Patrick Stewart está na tela, tudo fica muito melhor. O nível de engajamento que ele consegue criar com o público é incrível.

Mas vamos falar do maior trunfo que este filme trouxe para todos os fãs, futuros e novos. X-23, a pequena menina que se parece muito com o Wolverine, é simplesmente sensacional. Acredite quando eu digo que se quisessem, eles poderiam só fazer filmes com ela no lugar de Logan, e estaríamos muito bem servidos.

Prefiro nem comentar muito sobre a ação, que tira muito proveito de sua nova classificação indicativa. Apenas vá ao cinema se emocionar com essa tocante história sobre um homem chamado Logan que enfia suas garras nas cabeças de homens maus.

Comentários:
Aguardem novas promoções

novidades em breve

[Veja mais]

NOME
E-MAIL
BANDA
MÚSICA
 
  • 01.   CPM 22 - Perdas

    02.   Nx Zero - Modo Avião

    03.   Scalene - Surreal

    04.   Fly - Cabelo de Algodão

    05.   Tiago Iorc - Dia Especial

    06.   Luan Santana - Escreve aí

    07.   Banda do Mar - Mais Ninguém

    08.   Efelix - Segundo Plano

    09.   Against the Current - Talk

    10.   Supercombo - Piloto Automático

    11.   Scambo - Roda Gigante

    12.   Foo Fighters - Something From Nothing

    13.   Scracho - Divina Comédia

    14.   Versalle - Verde Mansidão

    15.   Mc Biel - Pimenta

    16.   Instinto - Agradeço ao Rock N' Roll

    17.   Paramore - Last Hope

    18.   Violetta - Euforia

    19.   Theodor - Adeus

    20.   Urbana Legion - Tempo Perdido

107HC, HCNOAR, direitos de imagem, audiovisual, idealização são todos reservados para Rede HCNOAR Produções