Sampa Music Festival XV fica marcado pela organização, line-up muito enérgico e comprova o quão vivo o Rock está entre nós. Confira!

25. outubro 2016 01:23 | Texto por Pietro Silva

A semana pós Sampa Music Festival é uma semana renovada, com a energia 100% recarregada e o astral lá em cima! Eu costumo dizer que é um banho de alma, a música tem esse poder, e num festival de rock como esse que chega a décima quinta edição com esse nível é arrebatador.

Foram 2 palcos com 12 horas de som ininterruptas e 20 bandas se apresentando. Inclusive, tenho que elogiar a produção e a organização dessa edição, o horário foi seguido à risca, como poucas vezes eu vi em qualquer festival, além de que as bandas colaboraram muito e cumpriram exatamente o que foi proposto, deixo aqui meus parabéns!!!


Falando em bandas (é pra isso que estou aqui), são elas que merecem nosso destaque! Confesso pra vocês que não consegui acompanhar todos os shows, pra nós é impossível porque ficamos o tempo todo em ação, gravando entrevistas, pegando insert aqui e ali, transitando entre um backstage e outro (afinal de contas são dois palcos né!). Mas o pouco que consegui assistir me deixou muito feliz.


O Sampa tem o poder de carregar consigo grandes shows: O NX Zero subiu pela primeira vez ali e mostrou porque são quem são. Num show compacto e mesclando sucessos do passado e do presente, os caras seguraram o público até o fim, com uma energia muito boa e passando o que sabem de melhor, POSITIVIDADE! Antes deles, o Strike comandou uma bonita festa só com os clássicos da banda, fizeram a galera pular o tempo todo, foi bonito de ver!


Mais destaques para Glória, Granada, Pagan John e Bellamore: O Glória é uma banda que tem uma energia incrível (sou suspeito pra falar), esses caras arrebentam em qualquer palco que sobem, e nesse Sampa, mesmo com o Mi em cadeira de rodas (ele passou por uma cirurgia no rim), e sem poder gritar muito, os caras levaram o público ao delírio com um set list mesclado e muito bem selecionado! Já a banda Granada arrepiou todas as peles nesse reencontro, fizeram um P*TA show, que infelizmente eu só ouvi de longe.

 

 

Pagan John e Bellamore são duas bandas que vão crescer muito ainda, mas muito. Os caras do Pagan John sabem ser diferentes, utilizam de tudo, e sabem fazer! A música dos caras contagia e eles são aquele tipo de banda que você não confunde com mais nada, ouviu já sabe que o som é deles! E Bellamore a cada palco que sobem mostram a que vieram: Fazer bonito e com muita qualidade, a galera pirou! 


Pra finalizar (e essa é a parte que eu mais gosto do Sampa), ouvi e acompanhei um pouco da galera que veio antes: Premiere, Neo Element, Livre, Terra do Nunca, Gus Nascimento, Protozoides, SZU, Slide Up, The Unknowns, Nação Nacional, S.F.A.C, Kilotones e Eutenia. Antes de mais nada, parabéns pra vocês, a cena se faz aí, e são vocês quem representam!

Ouvi cover, autoral, em inglês, português, gritado, melódico. Teve CBJR, Detonautas, Rage Against The Machine, Linkin Park e muito mais coisa boa! Essas bandas me surpreenderam e a todos que estiveram por lá. Só ouvi comentários positivos e deixo minha mensagem pra vocês: NÃO PAREM! Continuem firmes e fortes nessa caminhada, a cena pode estar em crise, o país, a sociedade e tudo o que mais for, façam o som de vocês, alastrem suas identidades e sejam quem são, o rock é um lifestyle e nunca morrerá, somos nós que sempre manteremos isso, e dependemos de vocês pra espalhar cada vez mais nossa vivacidade. OBRIGADO!! Ah! Em breve vão poder conferir a matéra da TV BLOG com diversas bandas do festival e fomos conversar com eles além do festival, de suas carreiras como eles enxergam a moda e looks para o rock e na música atualmente.

Veja mais fotos do Sampa Music Festival.


 



Fotos cedidas por: Gui Caeielli  / Colaraboração: Telma dos Santos

Comentários:
Aguardem novas promoções

novidades em breve

[Veja mais]

NOME
E-MAIL
BANDA
MÚSICA
 
  • 01.   CPM 22 - Perdas

    02.   Nx Zero - Modo Avião

    03.   Scalene - Surreal

    04.   Fly - Cabelo de Algodão

    05.   Tiago Iorc - Dia Especial

    06.   Luan Santana - Escreve aí

    07.   Banda do Mar - Mais Ninguém

    08.   Efelix - Segundo Plano

    09.   Against the Current - Talk

    10.   Supercombo - Piloto Automático

    11.   Scambo - Roda Gigante

    12.   Foo Fighters - Something From Nothing

    13.   Scracho - Divina Comédia

    14.   Versalle - Verde Mansidão

    15.   Mc Biel - Pimenta

    16.   Instinto - Agradeço ao Rock N' Roll

    17.   Paramore - Last Hope

    18.   Violetta - Euforia

    19.   Theodor - Adeus

    20.   Urbana Legion - Tempo Perdido

107HC, HCNOAR, direitos de imagem, audiovisual, idealização são todos reservados para Rede HCNOAR Produções