Bruna Surfistinha arrasa nas telas de novo com a nova série da Fox, Me Chama de Bruna

4. outubro 2016 18:13 | Texto por Thiago Neres

A nova série da Fox Premium é Me chama de Bruna, Contanto a história de Raquel Pacheco, a Bruna surfistinha, em oito episódios. O primeiro episódio vai ao ar dia 8 de outubro, as 22h, e logo depois estará disponível pra assistir DE GRAÇA na plataforma online da Fox Premium.

Quando falo dessa nova série da Fox, estou falando de uma série mais próxima das histórias lidas no blog da Bruna Surfistinha (coisa de velho, eu sei) do que as contadas no filme ou mesmo no livro anteriores a série.

“Felling” da série, pra mim, está principalmente na crueza dos assuntos, sabe? Em momento algum a prostituição é tratada como algo bom, mas também não é tratada como algo ruim! Vemos uma casa com mulheres que estão ali só trabalhando, com brigas e amizades que qualquer um que já tenha trabalhado em qualquer lugar consegue se identificar fácil. 

Todo esse cenário e felling é apresentado com a chegada de Bruna ao Privê de Stella (Carla Ribas). Se o visual e a inocência da Bruna em sua chegada ao privê te fizerem duvidar que Maria Bopp era a atriz certa pra fazer a Bruna Surfistinha, não se preocupe. Ainda neste mesmo primeiro episódio ela mostra o seu “alcance dramático” e termina de confirmar a boa escolha de atores da série, com destaque para a personagem Jéssica (Nash Laila), uma das colegas de Privê de Bruna que tem inveja da Bruna desde sua chegada.

 Quando perguntei a Maria Bopp o que ela achava que a série, da forma como é, impactaria em jovens que poderiam estar pensando em entrar para a prostituição, ela me respondeu: “Eu acho que a série tem essa preocupação em mostrar o outro lado, colocar em cheque essa escolha da Bruna. Na verdade, o importante da série é levantar a discussão fora do que a agente vê na tela, por que cada vez temos meninas mais jovens que pensam que prostituição é uma forma de empoderamento, de liberdade sexual, e eu acredito que não. Temos que olhar com muito cuidado e debater esse assunto saindo da questão do moralismo e preconceito. Não é por aí que a gente tem que passar. A ideia é entender o motivo pelo qual essas garotas se prostituem e conseguir evitar que esses motivos aconteçam. A série tem esse cuidado”.   

Vale a pena ficar de olho na estreia de Me Chama de Bruna no Fox1 dia 8 de outubro, as 22 horas e conferir essa série super bacana, que fala de um assunto tão importante de ser debatido.

Fotos da coletiva  por Deividi Correa - Rede HCNOAR

Comentários:
Aguardem novas promoções

novidades em breve

[Veja mais]

NOME
E-MAIL
BANDA
MÚSICA
 
  • 01.   CPM 22 - Perdas

    02.   Nx Zero - Modo Avião

    03.   Scalene - Surreal

    04.   Fly - Cabelo de Algodão

    05.   Tiago Iorc - Dia Especial

    06.   Luan Santana - Escreve aí

    07.   Banda do Mar - Mais Ninguém

    08.   Efelix - Segundo Plano

    09.   Against the Current - Talk

    10.   Supercombo - Piloto Automático

    11.   Scambo - Roda Gigante

    12.   Foo Fighters - Something From Nothing

    13.   Scracho - Divina Comédia

    14.   Versalle - Verde Mansidão

    15.   Mc Biel - Pimenta

    16.   Instinto - Agradeço ao Rock N' Roll

    17.   Paramore - Last Hope

    18.   Violetta - Euforia

    19.   Theodor - Adeus

    20.   Urbana Legion - Tempo Perdido

107HC, HCNOAR, direitos de imagem, audiovisual, idealização são todos reservados para Rede HCNOAR Produções